"... dou conta (...) que não podemos vencer esta batalha para salvar espécies e ambientes sem criarmos um laço afetivo com a natureza, pois não lutaremos por salvar aquilo que não amamos (mas só apreciamos de um modo abstrato)"

Stephen Jay Gould, 1993



Escorpião-de-água

Para além dos tritões, outros animais apareceram capturados nas redes dos jovens pesquisadores. Entre eles, larvas de libélula e escorpiões-de-água. Estes curiosos insetos devem o seu nome à forma do seu corpo em forma de escorpião (nada tendo a ver com os verdadeiros escorpiões).

Prospeção de animais aquáticos.

O escorpião-de-água (Nepa cinerea) é um inseto aquático que usa a extremidade do seu corpo, em forma de tubo, para obter o ar necessário à sua respiração (coloca de tempos a tempos a ponta fora de água tal como os mergulhadores que usam tubo respiratório). Por outro lado, possui patas dianteiras especializadas para capturar pequenos animais que lhe servem de alimento. Uma vez presos, os animais são sugados através da sua boca em forma de bico afiado. Podes ver aqui um pequeno vídeo sobre este animal.


Escorpião-de-água (Nepa cinerea). Foto daqui.

Bilhete de identidade do escorpião-de-água:

Nome científico: Nepa cinerea

Filo: artrópodes

Classe: insetos

Comprimento: 1.5 - 2.5 cm;

Habitat: águas doces pouco profundas e paradas;

Dimorfismo sexual: não é evidente ( macho geralmente menor do que a fêmea);

Alimentação: insectos aquáticos, larvas de anfíbios e pequenos peixes;

Distribuição: Europa, Ásia e África do Norte.

2 comentários:

Anónimo disse...

Professor,ainda bem que já consigue enviar comentários. Assim,transmitu-lhe as minhas dúvidas!



Ass: Jéssica nº11 5ºI

Anónimo disse...

Olá professor gosto muito deste novo blogue,continue assim.

bj Joana Nº:12 T:5ºI